Investir na bolsa de valores com pouco dinheiro - Papai na Bolsa

Adsense (Abaixo Cabeçalho)

Adsense Início do Post

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Investir na bolsa de valores com pouco dinheiro


Há muitas maneiras de começar a investir na bolsa de valores com pouco dinheiro e tudo que você precisa fazer é dar o primeiro passo, depois disso tudo ficará mais fácil com o passar o tempo.

Muitas pessoas não investem no mercado de ações, umas por medo de perder tudo outras porque acham que precisam de muito dinheiro para iniciar os investimentos.

Sobre o medo, gosto de uma frase que diz: “Você é muito maior que o seu medo”.

Se o desconhecido assusta, uma boa dose de conhecimento vão fornecer a coragem necessária para te guiar.

Com relação ao fato de que muitos acham que é necessário milhares de reais para iniciar o investimento na bolsa de valores, isso simplesmente não é verdade.



Inclusive, acho interessante você começar com pequenas quantias de dinheiro, entender como funciona o mercado de ações e então aumentar as operações à medida que se sentir confortável e confiante.



A chave para investir cada vez mais é desenvolver bons hábitos para economizar dinheiro, para isso devemos adquirir o hábito de viver com menos do que ganhamos e administrar as economias.


Pode ser uma questão de decidir não tomar um cafezinho com tanta frequência, não ir ao McDonald's ou deixar o cinema e assistir a um bom filme em casa.



Quando iniciei os investimentos em renda variável a primeira compra foi em fundos de ações. Quer saber mais? Leia aqui.

Após me acostumar com a oscilação dos valores, decidi comprar fundos de índices (ETF's), os quais oferecem uma maior diversificação dos recursos. Saiba mais.

Eu possuía a crença de que o mercado de ações era altamente complexo, confuso e apenas especialistas eram capazes de investir.

Vencida esta barreira, através de curiosidade e busca de informações, iniciei a compra de ações individuais.

Saibam que é possível investir com pouco dinheiro e a primeira coisa que precisa fazer é escolher uma boa corretora, que cobre taxas módicas pelo serviço.

Entenda melhor com este exemplo:

Você pode enviar uma ordem de compra de 10 ações cujo preço é R$ 10,00, totalizando R$ 100,00. O que acontece é que se a corretagem for de R$ 20,00, a operação custaria R$ 120,00 e para começar a dar lucro, teria que vendê-las acima de R$ 140,00 para poder pagar a corretagem da venda.

Dessa forma, quando for fazer os primeiros investimentos com pouco capital, é preciso fazer um cálculo aproximado de como o possível benefício de uma operação pode ser afetado pelas taxas de corretagem.

É aconselhável que se faça uma diversificação do portfólio, adicionando outros ativos em sua carteira para que você não corra riscos com a alocação de seus recursos em uma única empresa.

Outro fato a ser considerado é que se você tiver um horizonte de tempo curto implica em maior risco, por isso é mais apropriado que os investimentos tenham o foco no médio ou longo prazo, mantendo sempre a disciplina de aportes na estratégia traçada.

Investindo em bons ativos, a tendência é que ele se valorize com o tempo. Mas nenhuma riqueza é construída da noite para o dia, por este motivo você deve ter muita cautela com dicas “infalíveis” de gurus financeiros.

Afinal, investir na bolsa de valores com pouco dinheiro é possível, principalmente se cultivarmos paciência, disciplina, aprendizado e boas escolhas.

Até a próxima.

@papainabolsa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adsense Final do Post