O controle dos investimentos - Papai na Bolsa

Adsense (Abaixo Cabeçalho)

Adsense Início do Post

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

O controle dos investimentos

Olá investidores, muitas vezes já vivi situações de grande estresse, buscando obter o maior retorno possível sobre o dinheiro, lendo dicas de analistas financeiros, procurando o investimento mais rentável do momento, tentando descobrir a próxima ação que iria foguetar e querendo ser mais esperto que o mercado, comprando e vendendo ativos constantemente.

O que descobri foi que este comportamento se transforma geralmente em um jogo de derrotados, pois além da afetar a nossa saúde, colocamos o foco dos investimentos, principalmente da renda variável, em algo que não temos o controle, que é a sua rentabilidade.


Dessa forma, busco atualmente me concentrar em questões que possa gerenciar melhor e acredito que o lucro seja uma consequência do longo prazo.

E quais questões estão sob o nosso controle?




A depender do valor que possua para investir, procure diversificar os investimentos de acordo com o nível de risco que possa assumir.

Essa decisão depende exclusivamente do investidor. Só você sabe quanto pode suportar se uma ação que comprou cair vertiginosamente.

Sendo assim, você deve imaginar até que ponto a perda do dinheiro aplicado vai começar a tirar o seu sono se as coisas derem errado. Logo, escolha um nível de risco no qual fique confortável para mantê-lo.

No meu caso, a escolha foi por manter o equilíbrio entre os investimentos na casa de 70% na renda fixa e 30% na renda variável, pois tal comportamento permite que atinja os objetivos financeiros traçados, mantendo a saúde e o equilíbrio emocional.

Outro fator a ser controlado é justamente o campo das emoções, pois a maneira como se interpreta os acontecimentos pode fazer com que a gente perca dinheiro.

Um caso recente se deu com as ações da Vale após o desastre, acidente ou crime (como queiram chamar) em Brumadinho/MG. Quem se desesperou para vender as ações imediatamente a qualquer custo pode ter sofrido prejuízos.

Por isso, manter a calma em momentos críticos é essencial, além do mais a experiência nos ensina que os maiores aumentos nos ativos tendem a ocorrer após as principais correções.

Temos ainda um elemento de grande importância no controle dos nossos investimentos chamado de TEMPO.

Quanto maior o prazo do investimento, menor é a volatilidade e o risco de sofrer quedas significativas.

Quando buscamos resultados para ontem, de curto prazo, tentando adivinhar as cenas dos próximos capítulos do mercado financeiro, deixamos o resultado dos investimentos nas mãos do acaso.

Obviamente que se compramos uma ação e ela se valoriza rapidamente, nada contra a realização de lucros.

Mais um fato que está ao alcance da nossa decisão se chama os custos dos investimentos.

Devemos buscar corretoras mais baratas e eficientes quanto possível. Afinal, cada centavo economizado pode ser um real a mais de lucratividade na nossa conta para aumentar os resultados e acelerar a viagem para a independência financeira.

Concluindo, tire o foco da lucratividade, concentre-se nos fatores que estão sob o seu controle (nível de risco, emoções, tempo e custo dos investimentos), estude cada vez mais e aprenda com os erros.

Grande abraço e até a próxima.

@papainabolsa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adsense Final do Post