O sonho da casa própria - Papai na Bolsa

Adsense (Abaixo Cabeçalho)

Adsense Início do Post

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

O sonho da casa própria

O sonho comum da maioria das pessoas é nada menos do que possuir a casa própria.
Saibam que este é o meu sonho também e já falei sobre ele em postagem anterior. Leia aqui.

Depois que a família cresceu, o espaço apertado do apartamento passou a alimentar o desejo de ir morar em uma casa, com quintal e um cachorro.




O passo seguinte não foi correr para o Banco e fazer um financiamento imobiliário.

Pelo contrário, foi planejar um estilo de vida mais simples e investir cada centavo para fazer o dinheiro trabalhar por nós.

Qualquer aquisição de valores expressivos deve ser estrategicamente pensada, pois um passo mal dado pode acarretar graves consequências financeiras.

No caso de um imóvel, é importante tomar a decisão de comprar quando se tem a certeza de que está preparado, identificando e afastando armadilhas sociais, principalmente a pressão da família e de amigos ou o próprio ego apenas para manutenção de status.


A preparação que falei diz respeito a pensar no futuro no sentido de que você deve permanecer no local do imóvel, no mínimo, por uns cinco anos e, o mais importante se trata da qualificação econômica.

Devemos abordar qualquer questão de gastos e dívidas antes de efetuar o negócio, definindo o nosso orçamento pessoal.

Para quem vai usar o financiamento bancário, o ideal é que esteja com a saúde financeira em dia e livre de dívidas, já que os débitos anteriores podem impedi-lo de pagar as prestações. Então se você já tem uma grande quantidade de dívida, assumir ainda mais dívidas será um problema.

Além do mais é preciso ter em mente que uma casa possui custos com reparos domésticos e manutenção, que vai significar em um impacto adicional no seu orçamento.

Diante de tantos pormenores a saída é fazer um sério PLANEJAMENTO.

Mesmo que tome crédito bancário, deve pesquisar as menores taxas de juros e realizar o mínimo financiamento possível.

A melhor opção é economizar o máximo que puder para comprar ou construir com recursos pessoais.

Foi assim que fiz.

Após alguns anos dei um grande passo: assinei o contrato com a construtora para edificar o Lar da família do Papai na Bolsa.
Iniciei 2019 com toda a coragem que a passagem do ano nos traz e a decisão foi tomada.

Não é uma decisão puramente financeira, é também emocional.

Fiquei nervoso sim, mas também fiquei imerso em um sentimento de realização.

O prazo de entrega é de 07 (sete) meses e nesse período vou pedir licença para vocês para falar também de construção.

Pensei até em mudar temporariamente o título do blog para “Papai na Obra”.

Muitos poderão dizer, pensando friamente nos números, que fiz o pior investimento possível. Neste caso, vos direi:

“Valeu a pena eh, eh
Sou pescador de ilusões”. *

*Adeus Marcelo Yuka, que nos deixou ontem (18/01/2019).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adsense Final do Post