Como investir em ações?


Oi amig@s,

A expectativa do momento é o "boom" da bolsa de valores.

Muitos analistas estão indicando a compra de ações e várias pessoas despertaram interesse sobre o tema.


Saibam que a bolsa de valores é um meio para as empresas captarem recursos.

Você ao adquirir ações se torna sócio daquela empresa.

Espera-se com a mudança de governo uma economia mais forte, abrindo espaço para o crescimento e lucro das empresas.

A mera expectativa gera uma grande euforia no mercado financeiro, mas é bom lembrar que reformas importantes devem ser realizadas para garantir de fato a melhoria dos  fundamentos econômicos brasileiros, como é o caso da reforma previdenciária.

Mas você sabe Como investir em ações?





O primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora ou banco de investimentos.

É possível comprar e vender ações pela internet, utilizando uma plataforma chamada Home Broker.

O importante é que você se familiarize antes, verificando a oscilação das cotações.

O investimento em ações oferece uma oportunidade de ganhos expressivos que não se pode obter na renda fixa.

Mas, cuidados com os riscos!

Entre os riscos de se investir em ações temos o risco de liquidez, que é quando se emite uma ordem de venda e não há interessados na compra.

Existe também o risco de desvalorização do ativo, que é quando cai o preço da ação.

Entre os custos temos a corretagem por cada operação de compra e venda realizada e a taxa de custódia, as quais variam de acordo com a corretora escolhida.

A tributação também varia de acordo com o tipo de investimento e prazo.

Não existe um valor mínimo para investir na bolsa de valores, mas lembre-se que pouco dinheiro é diretamente proporcional a pouco lucro e este pode ser corroído pelas taxas das transações.

A internet está cheia de dicas de gurus financeiros. Pesquise bem sobre a empresa antes da compra, pois cautela é fundamental.

Buscar informação e instrução é essencial, o estudo e a experiência são aliados importantes.

Além do mais deve-se traçar uma estratégia a ser seguida, principalmente com relação a tolerância das perdas ou realização dos lucros, lembrando que o valor investido em ações não deve ser aquela grana que você pode precisar no curto prazo.

Se decidir trilhar o caminho da bolsa de valores estou aqui para te ajudar, desde já indico que deve começar devagar, diversificando as ações.

Sucesso!!

@papainabolsa

Comentários

Postar um comentário

Ainda é cedo para sair! Já conferiu AS MAIS LIDAS?

Mais lidas

Imposto de renda: rendimentos isentos e não tributáveis na venda de ações

Últimas operações na carteira de acões

Planilha x Imposto de renda